domingo, 30 de dezembro de 2007

JACK, O ESTRIPADOR - Parte II


Altar-mor da Igreja Matriz de Alhos Vedros (pormenor)

Jack, o estripador – Parte II
Para satisfazer a curiosidade dos meus amigos, vou completar o relato que fiz dos acontecimentos na inauguração da exposição da minha obra “Altar-mor”, revelando o seu final.
A realidade ultrapassa a mais fértil imaginação. Não sei se sou eu o primeiro a escrever esta frase, mas sei que todos nós, em algum momento, já o pensámos.
Para que não restem dúvidas sobre a veracidade dos acontecimentos, vou transcrever o relato saído num dos jornais de referência.

O insólito aconteceu
O conhecido (mudei o adjectivo: estava famoso:) pintor António Tapadinhas foi o culpado involuntário de um grave acidente que ocorreu durante a apresentação da sua última obra, “Altar-mor da Igreja de S. Lourenço”, na histórica vila de Alhos Vedros.
O autor estava a explicar para uma plateia interessada e atenta, como tinha conseguido criar as cores e texturas que tornam a obra tão viva, principalmente os azulejos, que de tão realistas parecem cair da tela a qualquer momento, quando se ouviu um homem de feições asiáticas gritar em voz alta:
“Os azulejos são colados!”
Fez-se um silêncio tumular na sala. A multidão abriu alas para deixar passar o indivíduo que brandia uma enorme navalha, dirigindo-se directamente para a tela que, mais do que nunca, se tornara o centro das atenções.
“Vou arrancar os azulejos, para provar à minha mulher e a todos vós que tenho razão.”
Nesse momento, todos os olhos se voltaram para uma mulher que a chorar convulsivamente, dizia em voz alta:
“Não! Não tens razão! Eu passei duas noites com o pintor para o ajudar a acabar a obra! Eu vi-o a pintar os azulejos! Até o ajudei a limpar os pincéis...”
O homem ficou lívido e disse com voz tremente:
“Antes a morte que tal sorte!”
Caiu de joelhos e, antes que alguém pudesse reagir, agarrou a navalha com ambas as mãos e fez harakiri perante a multidão estupefacta...


Desde esse dia nunca mais pintei azulejos...

31 comentários:

Anne M. Moor disse...

Olha a minha cara de espanto!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Estás brincando né???????????????????
Beijos pensativos :-)
Anne

ANA disse...

Pero y los azulejos, eran de verdad o no?
Beijos de findeaño
ana.
P.d., Antonio, sigue diciéndome como siempre las cosas, como quieras.
Un secreto: la "capa" de National G. era falsa, de pega. En España, el dia 28 de diciembre es el día de los Santos Inocentes, se hacen bromas, se dicen mentiras para engañar comicamente a la gente, PERDONNNNNNNNNNNNN
Otro beso.

A.Tapadinhas disse...

Anne: Quando nos encontrarmos, eu conto-te mais uns pormenores, à David Cronenberg...
Entretanto, um beijo.:-D
António

A.Tapadinhas disse...

Ana: Começo pelo fim. Em Portugal é no dia 1 de Abril que pregamos essas partidas (poissons d´Avril)... por isso engoli o isco com anzol e tudo... Com isto tudo ganhei mais um beijo... :)
Os azulejos são verdadeiros : fui eu que os desenhei e pintei... :)
Beijo.
António

PS. Espero ansioso o próximo dia 28de Dezembro para ver a capa do Playboy... :-D

Anne M. Moor disse...

Cronenberg... ahã...
Aguardo... :-)
Beijos
Anne

Fermina Daza disse...

Antonio, que el día de los Santos Inocentes ya ha pasado!!!!! Que historia tan inverosimil, veo que tu creatividad e imaginación no se queda solo en la pintura. Un final extraordinario, me has hecho reir.
Abrazos y besos y todo lo mejor para el próximo año.

Irene

A.Tapadinhas disse...

Anne: Mulher valente! É pleonasmo, não é?
Se não gostas de Cronenberg, podes sugerir outro realizador...
Beijo.
António

A.Tapadinhas disse...

Irene: Dentro de cada um de nós há um artista que espera para se revelar... É só preciso encontrar a musa certa...
Beijo.
António

Anne M. Moor disse...

Cronenberg me arrepia, mas estou curiosa!!!!!!!!! E, como se diz em inglês: Curiosity killed the cat!!!
Beijos arrepilantes (arrepiantes + horripilantes) :-)
Anne

Desabafos escritos disse...

Amigo, como estou sem portátil por estes dias, imagine o drama...queria aproveitar para lhe desejar um ano cheio de alegrias e muitas inspirações para que nos continue a surpreender... e que seja um grande ano para o nosso clube... um beijo grande

SHE disse...

La historia me queda grande,me rebazan los acontecimientos y sigo sin entender la actitud de este pErsonaje.
Confiezo que hice trampa y me esperè a la segunda parte, pero no imaginè este dramàtico final.

En cuanto a los resultados de la obra, que decir?
Genial!, làstima que ya no quiera pintar màs azulejos.

Gracias por tus anècdotas
un abrazo de feliz año nuevo mi querido amigo.
Y otro màs para tus bellos lectores.

SHE

Gi disse...

António

Tens que contar essa história bem contada :)

Tenho andado ausente das caixas de comentários (até das minhas) nestes últimos dias. Uma mão entrapada foi a razão... já passou :)


Não podia deixar pasar esta oportunidade para agradecer as tuas visitas, as tuas palavras, a tua amabilidade que se pressente por detrás de cada palavra

Um bem hajas por isso.

desejo para ti e para os que te são queridos que este ano vos traga tudo de bom. Se não o que desejarem pelo menos aquilo que precisam.

Um beijo

FELIZ ANO NOVO

A.Tapadinhas disse...

Anne: Prometo uns arrepios (brrr!!!) depois da quadra festiva... e para levantar, um pouco, o véu (manto é muito pesado)diáfano da fantasia, Pessoa também entra...
Beijo, tremente...
António

A.Tapadinhas disse...

Laura: Há muito pouco tempo atrás, eu não conseguia imaginar o drama... agora já dá...
Quanto à outra parte, não me consigo decidir entre drama e comédia... embora eu adorasse que uma epopeia...
Um beijo épico.
António

A.Tapadinhas disse...

É verdade, She, os meus leitores merecem tudo o que existe de melhor... até finais inesperados e dramáticos. Mas há uma linha muito ténue entre entre drama e comédia... e os portugueses são especialistas em tragi-comédias.
Beijos e tudo do melhor para o próximo ano.
António

A.Tapadinhas disse...

Gi: És uma das minhas referências para o ano que termina. Se me pedisses teria muito prazer em digitar o que precisasses para não privar a legião de admiradores dos teus posts...:)
"É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre."
Beijo.
António

Lucía disse...

Antonio, desejo-te um 2008 excelente.
Feliz ano novo.
Beijos.

Jorge disse...

Grandioso final, como se merece la historia.
Yo tambien queria que me contaras la historia de las dos noches con la mujer. Cuando te limpiaba los pinceles.
Veo que tus chicas lo han pasado por alto.
Un 2008 lleno de pintira, salud y risa.
abrazo

A.Tapadinhas disse...

Jorge: Não deixas escapar nada! Eu também achei estranho ninguém dizer uma palavra sobre duas noites de aparente intenso trabalho... A minha idade e os meus cabelos brancos são muito respeitáveis...
Abrazo bem humorado para ti!
Bom Ano Novo!
António

Amanecer disse...

Antonio, Gracias por tu visita y tus palabras llenas de colores.
y mira que manera de terminar el año con la llegada de un nuevo amigo( a mi casa que es tu casa y la de todos ).
P.D. Te dire un secreto me cuesta un poco entender tu idioma.
Me a encantado todo lo que aquì he leìdo y entendido. Prometo seguir visitandote. ( y ya te hare preguntas de lo que no he entendido. Puedo?? ).

Mis mejores deseos Antonio, para el año que esta por iniciar.

!Feliz 2008!

Besos y muchos màs.

Anne M. Moor disse...

Não deixem a bola picando (como se diz no Brasil)!!!!!!!!!! Eu provocada tendo a ser 'perigosa' :P
Eu estava sendo uma senhora recatada como condiz às de minha idade :P, mas a pergunta que não quer calar (já que o Jorge começou) é se isso foi harakiri ou assassinato indireto pela provocação? E a outra é "limpando os pincéis"????!!!!! Ahã... hahahahahahahahaha Acho que esta história não acabou ainda... :P

Pakous disse...

feliz 2008, Antonio

Adriana disse...

"O importante da amizade, não é conhecer o amigo e sim saber o que há dentro deles. "
2008 VEM CHEGANDO

A.Tapadinhas disse...

Lucia: Muito obrigado, desejo-te um 2008 cheio de alegrias... e sonhos realizados!
Beijo.
António

A.Tapadinhas disse...

Amanecer: É quase manhã mas não quero ficar em dívida contigo: que a tua simpatia seja retribuída com todos os teus sonhos realizados no ano que vai entrar.
Beijo.
António

A.Tapadinhas disse...

Anne: Então queres o terceiro capítulo de Jack, o estripador? Vamos ver... Para já desejo-te um Ano Novo muito feliz... sem David Cronembergs...
Beijobeijo.
António

A.Tapadinhas disse...

Paco: Igualmente, querido amigo.
Abraço.
António

A.Tapadinhas disse...

Adriana: Um Ano Novo muito feliz!
Beijo.
António

Jorge disse...

Primera mañana del 2008.
¡Que no se acaben la pintura ni los pinceles!
¡Que vivas rodeado de amor y de amigos!
¡Que sigas enseñandonos!
Abrazo

A.Tapadinhas disse...

Jorge: Cá estou a agradecer e a retribuir as tuas palavras. Como sempre deixas-me comovido... é do novo ano. :)
Tudo de bom, amigo!
António

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,