quinta-feira, 25 de março de 2010

PASTOR DE SONHOS (II)


Pastor de Sonhos Acrílico sobre Tela 30x40cm

Já disse que a obra de Fernando Pessoa é tão vasta, que basta procurar para descobrir, com certeza, um poema que retrate com fidelidade o que queremos dizer. A vantagem é a genialidade do Poeta.

O GUARDADOR DE REBANHOS
Alberto Caeiro

Sou um guardador de rebanhos.
O rebanho é os meus pensamentos
E os meus pensamentos são todos sensações.
Penso com os olhos e com os ouvidos
E com as mãos e os pés
E com o nariz e a boca.
Pensar uma flor é vê-la e cheirá-la
E comer um fruto é saber-lhe o sentido.
Por isso quando num dia de calor
Me sinto triste de gozá-lo tanto,
E me deito ao comprido na erva,
E fecho os olhos quentes,
Sinto todo o meu corpo deitado na realidade,
Sei a verdade e sou feliz.


Nesta obra o Céu está por cima de nós, como é natural num Céu que se preze... Mas, se olharmos melhor, ele está também a nossos pés!
Façam-me um favor: Sejam felizes!

30 comentários:

Graça Pereira disse...

Pintar e escrever a Palavra... e está tudo dito. Tela maravilhosa com Pessoa a subscrever por baixo...
Que mais pedir??
Beijo
Graça

Udi disse...

E o sonho realizado se mostra melhor que o sonhado!
Mas... Alberto Caieiro não seria covardia demais para com os corações dos leitores?!

(com todas as emoções sentidas e pensadas com olhos, ouvidos, mãos, pés, nariz, boca... o reflexo do pastor na água não cessa de intrigar!)

direitinho disse...

A pintura é sempre maravilhosa e depois deste poema de Alberto Caeiro tem a explicação viva.
A progressão é também maravilhosa.
Os primeiros traços até às últimas pinceladas de ovelhas.

Flavio Ferrari disse...

Novas cores ... gostei !

Anne M. Moor disse...

António

Você é genial e eu estou feliz! E o Pessoa nos ajuda a entender a vida...

Beijos felizes :-)
Anne

Ava disse...

Meu querido, as vezes quedo-me perante a força das emoções que consegues transmitir com sua arte.

E te confesso: Há momentos em que nem toda a eloquência da palavras é capaz de traduzir.

E mais falar, seria cair no óbvio ululante...


B.B (paradoxais...)

Ava disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
A.Tapadinhas disse...

Graça Pereira: Com tantos e tão belos poemas, Pessoa tem sempre uma palavra a nosso favor.

Beijo,
António

A.Tapadinhas disse...

Udi: É bom ver os nossos sonhos realizados!

Pela parte que me toca, aqueles que realmente contam, realizei-os quase todos...

Diz-se de quem triunfa numa área qualquer, Arte, Desporto, Ciência, que tem o mundo a seus pés... O Pastor tem mais: tem o Céu!

Beijo,
António

A.Tapadinhas disse...

direitinho: Um comentário que muito prezo, vindo do meu caro amigo.

Abraço,
António

A.Tapadinhas disse...

Flavio: É o efeito Primavera nas minhas telas!

O efeito Borboleta é outra coisa...
rsrsrs

Abraço,
António

A.Tapadinhas disse...

Anne: É uma declaração de felicidade, que eu levo muito a sério...

...e fico feliz!

Beijo,
António

A.Tapadinhas disse...

Ava: As emoções que transmito com as minhas telas dependem muito de quem as observa...

Fala comigo! Com certas pessoas, eu não cobro nada para ouvir seja o que for, mesmo o óbvio...

Beijo,
António

rm disse...

Sem "rasgar muita seda" achei linda a tela, mas fico com a primeira, impressionista e literalmente onírica...

A.Tapadinhas disse...

rm: Pensando assim, nem posso imaginar quantas obras eu já destruí...
rsrsrs

Abraço,
António

Karol disse...

Eu vim só postar um suspiro.

Graça Pereira disse...

Pûs o meu projecto em andamento...Tenho a primeira Exposição de Pintura no Zambeziana. Gostava que desses uma saltada até lá...preparando a tua se me deres esse prazer.
Beijo
Graça

A.Tapadinhas disse...

Karol: Suspiro recebido.

António

A.Tapadinhas disse...

Graça Pereira: Claro que sim em resposta às duas perguntas...

Beijo,
António

Pena disse...

Extraordinário Amigo António:
VOCÊ é um poeta grandioso e eloquente que fascina.
Parabéns sinceros pela Obra e pela poesia.
Soube sempre que tinha um coração bom. Puro.
É por isso que pinta tão bem, com o seu coração sonhador fabuloso e gigante.
Fiquei maravilhado. Sem palavras, acredite?
Abraço de pasmo e atónito por tanta beleza fantástica.
Adorei.
Sempre a estimá-lo e a respeitá-lo

pena

Bem-Haja, extraordinário amigo genial.
Admirável.

Sí es lo que parece disse...

Bonita la imágen, preciosas las palabras....felicidades

Besos

A.Tapadinhas disse...

Pena: Só me resta agradecer as suas palavras. Tocaram-me fundo no coração.

Abraço com um enorme obrigado,
António

A.Tapadinhas disse...

Si es lo que parece: Preciosas são as tuas palavras.

Muito obrigado!

Beijo,
António

fairi disse...

tus imagenes hablan..
los poemas de Pessoa, se ven.¡

bella composicion¡

feliz primavera Antonio¡

estudo geral disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
A.Tapadinhas disse...

fairi: O teu comentário fala do que é essencial.

Inspirado nele, irei fazer uma postagem com a Primavera...

Beijo,
António

Rafael M.E. disse...

Muito obrigado pelo teu comentário, e podes deixar que providenciarei um "excelente" na minha caixa de votação...

Adorei teu trabalho, gostei do teu traço... tuas telas são como sonhos...

Abraço

Rafael M.E.

A.Tapadinhas disse...

Rafael M.E. : Já lá fui deixar o meu voto!

Este fim-de-semana, vai ser muito especial para mim: vai juntar-se toda a família e o meu único neto, com 22 meses, também vai estar presente. Chama-se Rafael...

Abraço,
António

ISA disse...

É maravilhoso olhar, tão grande maravilha da arte, de escrever a pintura! A pintura transmite ao leitor, da mesma, verdadeiras emoções... mais que as palavras, a pintura é a alma da comunicação. É a paisagem, passada a pincel, da qual, o poeta se inspira, e, onde, a inspiração do pintor é procurada em cada detalho.
Parabéns!
Beijo
Isa

Cleo Borges disse...

bela poesia, que bela arte....
Receba emu beijo d efé eespernaça,
Cléo Borges