terça-feira, 16 de março de 2010

LUZ


Tivoli Marina de Portimão Acrílico sobre Tela 30x40cm
(Ars Interim)

Na execução do quadro “Marina de Portimão”, quis deixar bem vincada a alegria contagiante da descoberta do mundo pelo meu neto, e a vibração das cores que transformavam esse dia num manancial de emoções, que gostaria de eternizar na tela.
Prova da satisfação que obtive com essa obra é esta que agora começo. Não tem, talvez, a força exuberante que nos é transmitida por uma primeira obra, mas terá a expressividade e a segurança que nos dá o conhecimento do caminho que percorremos.
O desenho a tinta acrílica, Ivory Black, foi feito com um pincel n.º 6, Short Flat, para que não se perdesse a separação dos volumes e da cor.
As cores usadas são as que constituem a realidade que via com os meus olhos: luz vibrante, reflexos iridescentes, numa anarquia cheia de rigor…
Quero que amanhã, quando for concluir a pintura, ela se mantenha como agora a vejo: plena de vitalidade, de luz e, já agora, de beleza!

18 comentários:

jorge disse...

La que ya tiene colores es maravillosa.

Poco mas te puedo añadir.

Udi disse...

Além de luminosidade e vitalidade, há uma delicadeza que jamais havia percebido em outras telas tuas.
É a delicadeza do amor que tens pelo teu neto.
Sinto sempre uma invejinha ("boa" como diz uma amiga de muitos anos) quando você se põe a falar do seu neto. Fico a imaginar como serei feliz quando também tiver os meus. Quem já os têm, diz que o amor que sentimos é bem diferente do que o que temos pelos filhos. E hoje pude vislumbrar como poderá ser essa diferença: a delicadeza!
beijos agradecidos.

linda lourenco disse...

Olá António:)Como disse a Udi,Que adorei ler..luminosidade,vitalidade,delicadeza,Numa palavra e como já citou o
António;LUZ!
É luz e Paz que que me dá a minha Neta 15 meses.Ela e eu é o grande Amor.O tempo passa de pressa,os nossos filhos crescem num instante.
Ser avó é ser mais disponível,paciente,é uma segunda oportunidade e é tão bom:)
bem não disse nada sobre a sua Obra
Ou então:A pintura é poesia silenciosa,A poesia é pintura que fala!
Estou noutras coisas hoje em dia,mas não falto de dar uma visita
porque pinta a palavra,e escreve a pintura e com muito bom gosto.
boa continuação.
beijinho.
Linda.

Sí es lo que parece disse...

Hola Antonio,
en esta ocasión me gusta mucho el color asalmonado del cielo con su respectivo reflejo en el agua.

Las palmeras también me han llamado mucho la atención, me han recordado al verano y las ganas que tenemos por que llegue (al menos yo)

Tu nieto es un afortunado :)

Besos

JESUS y ENCARNA disse...

Buenas tardes Antonio, cada vez que vengo a tu casa me reencuentro con los colores. Felicitaciones por seguir tan excelentemente cumpliendo tus preciosos mandamientos.
Saludos muy cordiales.
Jesus

Ava disse...

É, Antonio... Sob a inspiração do amor, desse amor incondicional e sublime que sentes pelo teu neto, o doce Rafael, percebo que podes transbordar de ternura transmutada em cores que realçam os teus sentimentos.
Se pudéssemos dar cor ao amor, ele com certeza teria essa nuances que enchem os olhos, nessa tua pintura em construção.


A verdade, querido, é que as palavras e as cores acabam por se tornarem insuficientes e insignificantes diante de algo tão
sublime como o amor...




B. B. (coloridos...)

Anne M. Moor disse...

António

You get better and better...

Beijos
Anne

Tertúlias... disse...

Que cousa mais incrível esta "facilidade" com que produzes tantos maravilhosos trabalhos! Muita admiracao Ricardo

A.Tapadinhas disse...

Jorge: Espero que assim se mantenha.

Abraço,
António

A.Tapadinhas disse...

Udi: As emoções que são transmitidas por uma obra são diferentes de pessoa para pessoa, incluindo o artista...

É naturalmente diferente e difícil de explicar o amor pelos netos...

Beijo delicado,
António

A.Tapadinhas disse...

Linda Lourenço: Quando olhamos para trás, verificamos que o tempo que às vezes custa tanto a passar, afinal, passou muito depressa...

Beijo,
António

A.Tapadinhas disse...

Si es lo que parece: O céu e as suas cores são uma caixinha de surpresas, mesmo para o mais atento!

Quem, ao olhar para este céu cinzento, não está ansiando pelo Verão?

Beijo,
António

A.Tapadinhas disse...

Jesus: Muito obrigado pela tua visita e, principalmente, pelas amáveis palavras...

Vou fazendo o melhor que posso para continuar cumprindo os meus projectos.

Saludos,
António

A.Tapadinhas disse...

Ava: Arrasadoras (avassaladoras) as tuas palavras...

É sempre difícil responder com as emoções à flor da pele...

...talvez com um

B.B. coloridos!
António

A.Tapadinhas disse...

Anne:
...and older and older!

Beijo,
António

A.Tapadinhas disse...

Tertúlias: Disseram a um pintor:
- Faz desenhos com tanta facilidade, tão depressa...

- Está enganada, senhora! Este já o treino há 40 anos!
rsrsrs

Abraço,
António

Anne M. Moor disse...

António

And aren't we all?

Beijos ternurentos
Anne

A.Tapadinhas disse...

All the animals are equal, but some animals are more equal than others...

Beijo,
António