quarta-feira, 14 de abril de 2010

VERÃO COM VAN GOGH


Verão Óleo sobre Platex 15x15cm
(clique sobre a fotografia)

Sob a dura estação, pelo Sol incendiada, (Sotto dura Staggion dal Sole accesa), é assim que começa o poema que inspirou a composição musical. Este concerto, tal como o das outras estações, tem três andamentos: dois rápidos e um lento. Vivaldi escreveu para ele próprio ser o violinista solista, dando melodias mais ternas e suaves aos andamentos lentos, e grande vivacidade aos andamentos rápidos. Nigel Kennedy, o solista, deste III Presto, é o vulcão visível deste Verão de Vivaldi.
O que inspirou a série de girassóis que fui fazendo, pensando friamente, resultou de um acaso.
Já vos disse que tenho uma caturra que imita o meu assobio no "Hino Nacional", na "Quinta Sinfonia", de Beethoven, no "Jingle Bells", entre outras músicas. Ela come uma mistura de sementes. É muito temperamental, como todas as divas, e espalha-as por todo o lado. Recolho as sementes do chão e atiro-as para o terreno para que outras aves as aproveitem. Há uns anos atrás, duma dessas sementes, nasceu um espectacular girassol, com o qual fui gastando rolos e rolos de fotografias, de todos os ângulos e com todas as situações de sol e sombra.
Mas eu não acredito em acasos! E eu acho que não foi inocente o nascimento dessa flor no meu terreno: Van Gogh esteve lá a cuidar dele...

37 comentários:

direitinho disse...

O quadro está fascinante.
Essas cores tem vida.
Parabéns.
No meu blogue tens girassois castanhos.
Vai buscá-los e pinta-os para que nunca se percam.
Agosto de 2009

Ava disse...

António, depois de ver sua pintura, fui reavivar minha memória, revendo os girasóis de Van Gogh.

E faço uma constação, perdoe se exagero, mas isso é sem nenhum embasamento técnico...rs

Seu girasol é diferente... Ele exala paixão!

Tua pintura está impregnada de uma efervecente e vibrante energia, coisa que não sinto em Van Gogh.

Saltam aos olhos uma profusão de cores e luzes, que, ao meu ver, tem a ver com o autor, claro! rs

Voce é isso; é paixão, é energia, é luz, é cor, e isso está refletido em cada um de teus trabalhos...

E se Van Gogh esteve a cuidar do teu girasol, ele foi contaminada pela tua energia e paixão pela vida!


B.B. exagerados!

Flavio Ferrari disse...

Ficou lindo ! Mas não me vá cortar a orelha por isso ...

Anne disse...

Sabia que encontraria uma `pérola`aqui!!! Lindo o girassol, lindo o vermelho do fundo, lindo vc pintor das cores e dos sentimentos!!!

Besos de España :-)
Anne

Jessy Beraldo disse...

ESPETACULAR!!!

quando eu crescer quero ser
como vc!!! =D

abraços

A.Tapadinhas disse...

direitinho: Os girassóis são flores que sabem seguir quem lhes quer bem...

Nós nem sempre temos essa sabedoria...

Abraço,
António

A.Tapadinhas disse...

Ava: "O meu girassol exala paixão". Gostei dessa imagem!

E agora, estou a olhar para o ecrã, a tentar traduzir em aquilo que sinto...
Desisto porque as tuas palavras foram directas ao meu coração e traduzir a linguagem do coração é... fogo!

Que é isso! Beijos nunca são exagerados!

B.B. bem cheios!
António

A.Tapadinhas disse...

Flavio: Nem pensar, cortar alguma coisa! Tudo o que eu tenho me faz falta!

Até o apêndice...
rsrsrs

Abraço,
António

A.Tapadinhas disse...

Anne: É de mim, ou estou a sentir um colorido de castanholas nas tuas palavras?

Beijo com olés!
António

A.Tapadinhas disse...

Jessy Beraldo: Só lhe digo, menina: Você como está, é espectacular!

Beijo,
António

ISA disse...

VAN GOGH a cuidar do seu terraço... interessante, amigo!!!!Van GOGH ficaria muito orgulhoso do seu girassol... e certamente iria voltar a olhar os seus próprios girassois, e, então sim, salpicaria-os de paixão.

Parabéns!!!

Isabel

Enviu-lhe meu e-mail : isa-rego-2010@hotmail.com /

Denise disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Denise disse...

Foi possivel sentir em mim a força do girasol em sua busca eterna pela luz e pela energia da vida.



bem querer

Tati disse...

PERFEITO, LINDO , MARAVILHOSO!!!!!!
SOU TUA FÃ!!!! BEIJOS

ISA disse...

António, gostava de o convidar, ao amigo e sua família para o lançamento do meu último livro... que será no dia 09 de Maio, na livraria-bar Les Enfants Terribles no Cinema King, pelas 16 horas, em Lisboa.
Para mais exclarecimentos visite o meu blogue: http://isa-lgrimasdemim.blogspot.com /

Um abraço
sua fã
Isabel

A.Tapadinhas disse...

ISA: Não faz mal sonhar!

Van Gogh, julgo que terá mais que fazer do que preocupar-se com quem tão mal o tratou enquanto esteve na Terra...

Beijo,
António

A.Tapadinhas disse...

Denise: Essa energia é fundamental para a nossa felicidade...

Beijo,
António

A.Tapadinhas disse...

Tati: Espero que também seja das minhas obras...
rsrsrs

Brincadeira! Enorme bem-haja pelas tuas palavras!

Beijo,
António

A.Tapadinhas disse...

ISA: Obrigado pelo convite! Fica apontada essa data...

Que tudo corra pelo melhor! Até lá!

Beijo,
António

Grace en el País de Las Maravillas disse...

Eu no falo portugues mas..Obrigado!
Gosto muito seus pinturas.

Grace en el País de Las Maravillas disse...

Eu no falo portugues mas..Obrigado!
Gosto muito seus pinturas.

Inês disse...

Nossa, que lindas pinturas!
Muito prazer!
Inês.

Udi disse...

Pelo que me diz minha memória já podes fazer uma mostra só de 4 estações.
E Vivaldi teria que ter composto mais algumas peças para acompanhá-lo.
Lindo!

jorge disse...

Tanto como tus bellisimas pinturas me encanta como cuentas las historias que te llevaron a crearlas.

Este girasol es fantastico,

Graça Pereira disse...

Não sei se os girassóis de Van Gogh teriam este perfume e esta sensualidade...Penso que se ele voltasse, aprenderia contigo, uma outra forma de pintar girassóis...
Beijo e bom fds
Graça

A.Tapadinhas disse...

Grace...
Eu também não falo espanhol mas leio e entendo bem, sem tradutor.

Aprendi com os amigos, aqui!
:)
António

A.Tapadinhas disse...

Inês: Também gostei da tua passagem por minha casa.

Volta sempre!

António

A.Tapadinhas disse...

Udi: Memória de elefante!

Espero que tudo esteja a correr bem, nessa nova vida! V. merece!

Vivaldi tem obras que cheguem para me acompanhar!

Beijo,
António

A.Tapadinhas disse...

Jorge: Olhei para ele com novos olhos quando publiquei a foto!

Vendo-o em formato grande, impressiona!

Abraço,
António

A.Tapadinhas disse...

Graça Pereira: Eu adoro Van Gogh e todos os seus trabalhos, por um motivo ou outro.

Mas as tuas palavras são muito motivadoras! Obrigado!

Vai, espero, ser um bom fds: vou para Mondim de Basto, amanhã de madrugada!

Beijo,
António

Margot disse...

O quadro é fascinante!!!
Muito obrigada por a sua sugestão: vou incluir imagems no futuro!!
Meu portugues é muito basico, mais eu gosto de partica-lo!!!
Beijo,
Margot!

E a musica do que voce fala, é muito agradavel!!!

ISA disse...

Amigo,António,mas foi só Van GOGH que foi mal tratado na terra? Tomara que tevesse sido apenas VAN GOGH, mas não. E não é só em Portugal que os chamados Nascido com DOM foram, são e serão mal tratados, no futuro. Chamam-lhes artistas,mas só depois de mortes teremos valor.Talvez porque os artistas são sensiveis, apaixonados, sentimentais e, tudo isto, não se vê através da pele.

Parabéns, pelo seu Grandeoso talento!
Isa

Léo Metallica disse...

Antes de ler o texto eu pensava em uma planta a beira de um vulcão e tentava me recordar o nome dela. É o tal girassol lindo que tu pintaste. E o fundo vermelho é claro as lavas incandescente do vulcão, o Girassol imponente diante da força do fogo. Belo trabalho com as cores, mais um excelente trabalho com as cores, e este girassol tá vivo e forte, detalhe em suas pétalas destemidas. Só quem já viu um Girassol de perto sabe o que é o resplendor desta flor fantástica. Digo isso porque aqui na minha região não é de nascer girassóis.

Direto do Brasil.
Abraço.

A.Tapadinhas disse...

Margot: O nosso maior prazer é receber bem os amigos!

Com prática melhoramos as nossas aptidões e o que era difícil, torna-se mais fácil.

Beijo,
António

A.Tapadinhas disse...

ISA: Tem razão no que diz! Nem sempre é fácil aceitar as injustiças que são cometidas contra pessoas que conhecemos!

Para não falar das que nos ferem de uma maneira mais pessoal...

Beijo,
António

A.Tapadinhas disse...

Léo Metallica: Quando era mais novo, gostava de ser como o girassol: voar para os sítios onde o Sol brilhasse com maior intensidade!

Abraço com a luz do girassol,
António

Isabel Moreira Rego disse...

O Girassol gira à procura do sol da mesma maneira que nós, seres humanos, giramos a procura da felicidade, da paixão, do amor eterno.... só que o Girassol encontra o sol mesmo quando as nuvens no céu o escondem... os seres humanos encontram o amor, mas em algumas vezes não é eterno.
Parabéns pelos seu lindo Girassol!
jinhos