domingo, 5 de abril de 2009

AS CIDADES DAS EMOÇÕES


Centro Histórico - Faro Óleo sobre Tela 65x90cm


Esta obra é muito semelhante à anterior, em toda a sua génese, por isso, apresento-a já, porque, francamente, não gosto especialmente do resultado que obtive.
Tenho sentido que, quando a história que acompanha a obra é muito interessante, os comentários tendem a centrar-se nas minhas palavras, em detrimento da obra propriamente dita. Não sei se é bom ou mau: é a constatação do evidente.
Esta tela não tem nada de especial a relatar. Foi uma encomenda. Alguém me pediu, por razões que não têm relevância para o caso, uma tela com o centro histórico de Faro, de preferência à noite. Contestei, dizendo que não tinha máquina fotográfica com a capacidade de fotografar esse espaço com a nitidez que necessitava para realizar tal obra. O meu amigo (quem me encomenda um quadro é meu amigo) disse-me que podia ficar alojado, o tempo que fosse necessário, num hotel para realizar a obra no local.
Achei o desafio interessante e o resultado está aqui.
Desta vez, não houve polícias a atrapalhar…
Só pessoas simpáticas…

33 comentários:

AFRICA EM POESIA disse...

E vim ...
Vi cores e pintura bonita.
Gostei muito.

Negage...eu sempre estive lá...portanto...tivemos mesmo que nos encontrar...em que anos andou por lá???


Beijos

GINEBRA disse...

Muy bonitos los edificios que pintas, creo que una de tus grandes pasiones es pintar arquitectura . Te quedó muy bien. Besos

alicia susana baigorria ligorred disse...

realmente en tus manos hay un don...no se a que dificultades te habras enfrentado, desde tu entorno, para poder desarrollar este arte, si y si.

me alegro que haya aflorado y que no lo dejes de hacer...ante ninguna circunstancia...

yo me he dejado vencer muchas veces... pero cerca de mis sesenta...no voy a permitir que lo logren....

besos....Alicia

OCP disse...

Nós, cá no Algarve somos sempre simpáticos. ;)

E eu gosto bastante desta pintura. :D

Abraço. :)

jorge disse...

¿Es de noche?

Me gustan esos edificios antiguos. que pintas de amarillo oro.

Me sorprenden las personas tan pequeñas junto a las puertas.

Esta muy bien eso de disponer de hotel para pintar un cuadro.

¿Te imaginas que alguien le diga eso a Antonio Lopez? Arruinado por vida (jejeje).

Nanda Assis disse...

bonito demais.

bjosss...

Pedro Antônio disse...

Parabéns!

O seu trabalho é fantástico!

Obrigado por acompanhar meu blog.

Um abração.

Pedro Antônio - A TORRE MÁGICA - www.atorremagica.blogspot.com

Anne M. Moor disse...

E porque não haverias de gostar do resultado???? Acho lindo, talvez porque gosto de prédios antigos. E gosto deles porque carregam sempre muitas histórias... A imaginação corre solta ao sentar aqui e olhar o teu quadro e ficar pensando na vida que existiu neste lugar...

Beijos pensantes

Melba disse...


Me gusta mucho, especialmente el efecto luminoso.

Salud♥s

Udi disse...

Sim! O que mais chama atenção (além da luminosidade especial e ímpar) são as pessoas pela calçada! Ia já falar sobre isso antes de ler sua nota final... pensei, dia desses, que podias pintar as pessoas. Lembro de apenas uma tela sua com uma pessoa, que era uma "pessoa em construção", creio que sua filha ainda criança.
bjs

A.Tapadinhas disse...

Entre 1965 e 1967, passei alguns fins-de-semana no Negage e outros em Carmona.
Se não nos encontrámos por lá, temos a possibilidade de contactarmos aqui... como estamos fazendo agora. Aproveitemos!
Beijo.
António

A.Tapadinhas disse...

GINEBRA: Não me apaixono com facilidade, mas as minhas paixões são para durar... p.e. a pintura...
Beijo.
António

A.Tapadinhas disse...

Alicia: Reconhecer que errámos, que fomos vencidos, por determinadas circunstâncias da nossa vida, é uma grande vitória! Está aí, o princípio para que não volte a acontecer o que não desejamos...
Beijo.
António

A.Tapadinhas disse...

OCP: Com o tempo e a paisagem que têm, não admira! Só podiam irradiar simpatia...
:)
Abraço.
António

A.Tapadinhas disse...

Jorge: Sim, é noite, mas iluminada por luzes muito fortes.
A luz vibrante ajuda a esbater as outras cores e a realçar o amarelo.
Ficou mais cara a estadia que o quadro...
:(
Antonio Lopez está muito bem acompanhado...
:)
Abraço.
António

A.Tapadinhas disse...

Nanda: A beleza nunca é demais... embora às vezes fiquemos sem respiração...
Beijo.
António

A.Tapadinhas disse...

Pedro Antônio: Os seus textos estão carregados de belas imagens... Sou obrigado a gostar deles...
:)
Abraço.
António

A.Tapadinhas disse...

Anne: Por isso, eu gosto tanto de ti: Tens uma imaginação fervilhante, de teenager, sempre a procurar histórias e razões para tudo... Não nos andas a enganar na idade?
Beijo.
António

A.Tapadinhas disse...

Melba: Ainda bem: é sinal que afinal consegui o que pretendia! Agradeço as tuas palavras.
Beijo.
António

A.Tapadinhas disse...

Udi: Normalmente, só pinto pessoas em paisagens urbanas quando são necessárias para contar uma história ou para dar a noção das proporções dos edifícios, p.e. monumentos. Nos outros casos, prefiro que sejam as pedras, as cores, os telhados a contar o que nos têm para dizer...
É minha filha com uma anciã.
Um beijo para a menina observadora.
António

Anne M. Moor disse...

António,
Não estou a mentir sobre a idade não :-) Sou uma senhora idosa mas com espírito de teenager!!!!

Udi (com tua licença António) nunca viste a Venus pintada pelo António e as duas 'meninas' em 'Banho de Luz' e 'Teia de Luz'??? São linnnnnnnnnnnndas. Já escrevi poemas pras 3... :-)

Beijos pros dois

A.Tapadinhas disse...

Anne: As meninas são sempre lindas... sobretudo quando envoltas no manto diáfano da fantasia...
:)
Beijo.
António

Flavio Ferrari disse...

De fato não é uma de suas obras mais inspiradas, mas não deixa de ser um belo quadro. Você costuma pintar a luz do dia e a experiência de reproduzir a iluminação noturna gerou uma "artificialidade" que não é um traço comum de tua obra.
Aproveitando a oportunidade, creio que você mora próximo à Lisboa, não ?
Vou fazer uma escala em Lisboa no final de maio (chego à tarde e parto na manhã seguinte). Me encantaria convidá-lo para um café no final da tarde ou mesmo para um jantar. Seria um prazer conhecê-lo pessoalmente.

Walmir Lima disse...

António,

Pois, para o meu gosto, saiu uma de suas melhores obras sobre casario.

Quanto menos polícia no pedaço, melhor.

Parabéns

A.Tapadinhas disse...

Flavio: Não há nenhum sítio em Portugal, que fique longe de Lisboa! De qualquer maneira, nunca tão distante que impeça o nosso encontro.
Não há um "Genial" em Lisboa, mas algo se arranjará!
Abraço.
António

A.Tapadinhas disse...

Walmir: Com mais ou menos polícia o destino de cada um se vai cumprindo. Há uma boa razão para gostar do quadro: o seu coração de centauro...
:)
Abraço.
António

Carlos Bentabol disse...

ENTRE EL REALISMO Y EL NAIF, PERO CON UN ESTILO PROPIO MUY BELLO Y PARTICULAR.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Mas está tão lido o Centro histórico de Faro, que eu não conheceria se vc não o tivesse pintado.
António:
Resenhei a Última Tentação de Cristo e apresento as obras de David Hockney no Galeria. Espero que me visite. Acabo de voltar de uma pequena intervenção cirúrgica. Foi o meu irmão quem postou para mim.
Um beijo,
Renata

Pena disse...

O Centro Histórico - Faro Óleo sobre Tela 65x90cm fala, comunica com as pessoas. Está vivo. Presente. Manifesta um "sentir", quando pintado. Parece agradado daquele mundo que vai nele. Não muito policromático, mas que respira" sobriedade, beleza nas cores harmoniosas que "vestem" o lugar. O edifício. Mais digno de realçe e visualização.
As sombras surgem por um acaso que o enriquece. Não vejo nenhuma, mas sofro de visão ao ver somente a fabulosa sensação de estar perante um quadro magistral de beleza. Apenas, observo a vida de forma não muito prescutadora e apurada provocadas por "miopia! Desta ímpar Arte. É Arte na sua mais expressão extraordinária!

Pura magia artística, a sua!
Bem-Haja, amigo!
Abraço de imenso respeito e admiração...

pena

Uma Feliz Páscoa junto da sua família.

A.Tapadinhas disse...

Pena: A sua sensibilidade encontra nas mais pequenas coisas, algo que tem a ver com manifestações do que melhor existe em cada ser humano. Eu, por mim, sinto-me muito honrado por, de alguma maneira, ser o destinatário de tão agradáveis palavras e, mais importante, estimulantas comentários. Agradeço-lhe, sensibilizado e aproveito para desejar ao meu ilustre amigo, uma Páscoa muito feliz.
Ãbraço.
António

Melba disse...


La felicidad no tiene edad. Que tu nieto crezca sano y feliz. Y tú, sé feliz al máximo.

Salud♥s

Ernesto Dias Jr. disse...

Pois eu gostei. Principalmente da iluminação. Mas é o de sempre em arte: dane-se a técnica. Viva a sensação.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,