terça-feira, 6 de janeiro de 2009




Verão Acrílico sobre tela 100x100 cm

Sob a dura estação, pelo Sol incendiada, (Sotto dura Staggion dal Sole accesa), é assim que começa o poema que inspirou a composição musical. Este concerto, tal como o das outras estações, tem três andamentos: dois rápidos e um lento. Vivaldi escreveu para ele próprio ser o violinista solista, dando melodias mais ternas e suaves aos andamentos lentos, e grande vivacidade aos andamentos rápidos. Nigel Kennedy, o solista, deste III Presto, é o vulcão visível deste Verão de Vivaldi.
Espero que possam descobrir um vulcão invisível na aparente tranquilidade do meu Verão!

30 comentários:

OUTONO disse...

Obrigado pela visita.

Percorri o teu Blog...e, desde logo, assalta-me uma paixão enorme pela pintura. Disse para comigo...estou no meu terreno! Mas...Poeta não sou, filósofo muito menos...arrisco agora...pintor nunca! Embore suje aqui e ali umas telas, sem eco, quem sabe, maldição de não me terem deixado seguir arquitectura...
Depois...um outro comentário, se a pintura é a tua razão directa, apaixonada e sublime de olhar os dias, para mim é a escrita...terapêutica fundamental da escravidão de longos dias de trabalho...entre muitas variantes, copy... e ainda com a reforma ao longe...tenho 57 (de idade).
É interessante analizar uma tua edição, onde para além de filhos, livros e árvores...necessidades fundamentais, para se ter o estatuto de homem ...tenho também, duas filhas, algumas árvores, resmas de escritos, um livro não publicado e perdido, nos oceanos da vida e avô de uma "bolachinha" linda de sete meses. Acredito, que um dia possa comentar por aqui, os delírios virtuais do avô ...
Este o meu fascínio, a minha forma de estar e um constante sonho...conhecer o único Continente que me falta - Austrália.

Um abraço do Outono...já agora falta a pintura OUTONO...ou estou a ver mal???

jorge disse...

En cuanto vi tu cuadro pense en el verano.

Me parece buenisimo. ¿No te interesara tener galeria en España?
Yo seria un representante estupendo.

€_r_i_K disse...

Vaya, el profe, con eso que se va a jubilar, tendrá tiempo de hacerte una buena exposición....

Salu2sssss....

El cuadro, digo lo mismo, te lleva a ese Agosto en el Mediterraneo....

Anne M. Moor disse...

O vulcão do teu verão é o movimento do sol em espirais feito molas propulsoras e calor incendiário provocado por esse movimento.

Continuo sem conseguir definir a tua marca registrada das estações...

Beijos espiralados

Menina do Rio disse...

E como o verão arde em ti, arde em mim...

Um beijo deste lado do mar

A.Tapadinhas disse...

OUTONO: Dei-te dois pontos de contacto, que conhecia, e que se transformaram em razões para visitar o teu espaço. Com a retribuição da tua visita fiquei a conhecer mais dois: tens duas filhas, e eu também, e tens uma neta de 7 meses e eu também - muda o género: é um neto lindo, não são todos? Também queria conhecer a Austrália, até chegar à tua idade. Agora, quero visitar os melhores museus do mundo. A pintura de Outono seguirá pela ordem natural das coisas: depois do Verão...
:)
Abraço.
António

A.Tapadinhas disse...

Jorge: Que bom sentir o Verão nestes dias! :)
Tenho a certeza que serás um bom defensor de qualquer causa por que lutes: nascido para ganhar! :)
Galeria em Espanha? Onde e quando nos encontramos?
Abraço.
António

A.Tapadinhas disse...

€riK: Estás combinado com o profe para me enganar? Ainda não chegámos a 1 de Abril!
Penso mais no meu Alentejo, ou Sevilha, em pleno Verão!
Abraço.
António

A.Tapadinhas disse...

Anne: O prometido é devido! No próximo Outono, darei a explicação da impressão digital que fui deixando no decorrer das estações do ano.
Beijo da moda - Outono/Inverno!
António

A.Tapadinhas disse...

Menina do Rio: Como diria o nosso maior poeta épico "é um fogo que arde sem se ver"...
Beijo-te, menina.
António

mia disse...

a beleza mora aqui?
izo cio eu!

Belezas muitas belezas

Meus beijinhos a voce

Myr disse...

Gracias ANTONIO por seguir mi blog y
permitirme asi conocerte!!!!

Me encantaron tus pinturas!!!!!
Te felicito!!!!

Te estare visitando, muchos carinios.

A.Tapadinhas disse...

Mia: Eu acho que sim! Mas melhorou com a tua visita!
Beijo.
António

A.Tapadinhas disse...

Myr: As portas estão sempre abertas... e o meu coração também!
Beijo.
António

Udi disse...

Creio que hoje pela manhã, fiquei tão entretida com as cores e sons da Primavera que não notei este verão mais acima...
Só agora, retornando, dou de cara com todo esse calor variando do amarelo ao vermelho.
Definitivamente nasci no lugar certo, sou mais dos vermelhos alaranjados... apesar de saber que as cores mais exuberantes são as do Outono.
Ansiedade... isso (ainda) sou eu: aguardando o Outono.
beijo

Sami, pagando el precio... disse...

Vejo que sua inspiração se baseia fortemente em música clássica. Meu marido também trabalha em design gráfico e Art Director, também é um pintor e músico. Aparentemente, as pessoas atingidas pela arte, tem mais de um dom.

Garcia para visitar o meu blog e feliz 2009!

Deixo-lhe um abraço urso

São disse...

Bem conseguido , o post!
Nigel faz da música clássica aquilo que deveria ser sempre: um momento de alegria!
Fica bem!

A.Tapadinhas disse...

Udi: Ainda bem que foi assim: o calor do Verão podia abafar a mais delicada Primavera! Quanto ao Outono não tardará a chegar! Goza, enquanto podes os raios do escaldante Verão!
Beijo.
António

A.Tapadinhas disse...

Sami: Se ser artista é uma questão de sensibilidade, é natural que ela se manifeste das mais diversas maneiras...
Cumprimentos ao marido artista e um beijo para si.
António

A.Tapadinhas disse...

São: É na verdade um momento de alegria e calor, a que ninguém pode ficar indiferente!
:)
António

Pena disse...

Talentoso Amigo:
Vivaldi extraordinário num quadro sensacional. Genial e perfeito.
Quanto ao filme Fahrenheit 451...
Aí lhe envio um sentir:
Num futuro hipotético, os livros e toda forma de escrita são proibidos por um regime totalitário, sob o argumento de que faz as pessoas infelizes e improdutivas.
Se alguém é flagrado lendo é preso e "reeducado". Se uma casa tem muitos livros e um vizinho denuncia, os "bombeiros" são chamados para incendiá-la. Montag é um desses bombeiros. Chamado para agir numa casa "condenada", ele começa a furtar livros para ler. Seu comportamento começa a mudar, até que sua mulher, Linda, desconfia e o denuncia. Enquanto isso, ele mantém amizade com Clarisse, uma mulher que conhecera no metrô. Ela o incentiva e, quando ele começa a ser perseguido (e preso, segundo a versão televisiva oficial), ela o leva à terra dos homens-livro, uma comunidade.

Não sei que dizer do seu comentário, mas parece-me exacto. Preciso. Sensato e pleno de sobriedade.
Acredito num pensar feliz.
OBRIGADO sentido.

Abraço amigo sincero com todo o meu sincero respeito e estima.
Sempre a lê-lo atentamente

pena

OBRIGADO!

A.Tapadinhas disse...

Pena: Escreveu um guião perfeito para Fahrenheit 451... Temo que a comunidade dos homens-livro de que fala, se vá transformando na dos homens-computador ou, ainda pior, nos homens-bomba... Hoje estou pessimista: amanhã já terá passado com o aparecimento do Sol...
Abraço
António

SHE disse...

" Te descubro ,como el primer dìa, lava ardiente, viento fresco, intensa pero amable caricia. Un volcàn activo en un verano pleno...
Te descubro en los colores , en la luz y sombra de tus pensamientos...

y siempre vuelvo..."

Eres una gran maravilla de persona.
Que la vida te sonrìa siempre Querido Antonio!
besos

Sibyla disse...

Precioso cuadro, que desprende toda la fuerza del sol.
Sabes, en un primer momento me recordó a nuestra bandera española.

Qué fuerza la música del vídeo que nos muestras.

Un abrazo querido Antonio:)

Sill Scaroni disse...

Fiquei aqui admirando as tuas obras de arte que são lindas. Sou apaixonada pela pintura, mas sou uma aprendiz.
Feliz 2009 !

Sill

A.Tapadinhas disse...

She: Não consigo exprimir por palavras os sentimentos que me despertam os teus textos. Os comentários com que me brindas são para mim poemas, que eu receio não merecer... mas que eu humildemente agradeço!
Beijo, beijo!
António

A.Tapadinhas disse...

Sibyla: O teu espírito de observação, não deixou escapar esse pormenor que eu agora reconheço evidente: tem realmente as cores da tua bandeira! Talvez por isso, a tela seja tão calorosa!
A música e o violinista são maravilhosos!
Un abrazo querida Sib!
António

A.Tapadinhas disse...

Sill: É bom manter esse espírito de aprender até morrer! Este ano não começou muito bem, por isso, só poderá melhorar!
:)
António

Fernanda Fernandes Fontes disse...

Belo, belo, saboroso!
Amo de mais...só não prefiro a estação como clima, mas a tela e canção...

Abraços!

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,