segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

AS CIDADES DAS EMOÇÕES















Passei uns dias maravilhosos numa cidade que agora faz parte do meu itinerário mais procurado: Portimão! É lá que vive o meu neto Rafael, conforme se devem lembrar…
Fui convidado para fazer lá uma exposição de pintura. Aceitei imediatamente, pois assim fico com mais um pretexto para voltar.
De acordo com o meu hábito, em cada mostra, faço especialmente para a ocasião, pelo menos uma tela, com um dos seus locais mais emblemáticos. Em Portimão, a Praia da Rocha é a praia mais conhecida internacionalmente. Esta uma das razões da sua escolha; a outra, pura e simplesmente, a sua beleza!
O tamanho de tela é o maior possível em razão do espaço disponível, o suficiente para capturar a luz e o carácter da paisagem que escolhi.
No meu desenho, delimitei os traços básicos: linha do horizonte, formações rochosas, cores e sombras mais evidentes, tufos de vegetação, os pinheiros e o oceano…
O primeiro objectivo foi cobrir toda a tela com as cores dominantes, tendo em atenção que, desta vez, o céu e o mar vão perder o protagonismo que normalmente têm nos meus quadros.
Chegado a este ponto, vou encerrar os trabalhos. Amanhã, com novos olhos, poderei analisar com maior acuidade o que foi feito.
Para uma primeira sessão o avanço é considerável e, melhor ainda, estou muito satisfeito com o resultado!

19 comentários:

Reflexo d Alma disse...

Que delícia de trabalho.
Gosto das cores quentes ...
mas é gostoso subir os olhos e sentir o azul...
calma...
não sei bem...
mas que otima sensação é...
Bjins entre sonhos e delírios

Tertúlias... disse...

Estive há dois anos em Portimao... Tinha estado lá uns quinze anos antes... e achei tudo tao mudado. aliás todo o Algarve. Nao digo que para pior mas como se ve dinehriro da comunidade lá, hein? Só as estradas.
Adorei porém a inspiracao... Como digo: eu tenho as paredes perfeitas... :-))

direitinho disse...

Um quadro muito bonito.
Quando penso em Portimão penso em praia e aqui não se vê o mar.

Anne disse...

Estou gostando... :-)

Beijos
Anne (com a costela fraturada!)

Nanda Assis disse...

uau.

bjosss...

A.Tapadinhas disse...

Reflexo d Alma: O azul é como um refrigério para os olhos, depois da opulência e profusão das cores quentes...

...o merecido descanso do guerreiro...

Beijo sonhador,
António

A.Tapadinhas disse...

Tertúlias: O bom que o Algarve tem é a sua capacidade de se transformar...

Mantém algumas das coisas de antigamente...

...claro que não estão no litoral! É necessário encontrá-las no interior.

A procura da perfeição é um dom de que nunca se deve abdicar...

Abraço,
António

A.Tapadinhas disse...

direitinho: Vai ter todo o mar a que tem direito...

...palavra de pintor!

Abraço,
António

A.Tapadinhas disse...

Anne: Não estou gostando! Partiste-me o coração!

Não é metáfora, pois não!?

Finalmente, vais parar um pouco...

...até solidificar a costela! Estou com cuidado para não te fazer rir!

As tuas melhoras!

Beijo ao de leve,
António

A.Tapadinhas disse...

Nanda Assis: Espera até ver o resultado final!

Beijo,
António

linda lourenco disse...

Olá António,Não conheço Portimão ainda,mas com certeza imagino a forças das rochas, a espuma da agua que vai bater contra elas e as rochas dizendo ao mar« Não passa mais um passo,estou aqui olhando em ti!»e a água recua, teimosa volta vai e volta.As gaivotas lá bem de cima,Riem
se!Conhecem a força da Natureza pois mesmo com desacordes,entendem se,compreendem se.
Boa Pintura E feliz de conhecer Portimão através de sua Pintura.
Eu aguardo pelas etapas que seguem.
Um Abraço muito grande.

betina moraes disse...

que oportunidade!

observar os olhos do artista indo em evolução pela tela...

antónio, é um post muito interessante,

vou acompanhar o nascimento da sua praia da rocha.

um beijo.

Regina Rozenbaum disse...

Olá Antônio
Cheguei aqui através do blog do "Coelho" e me encantei com sua arte...Fui lendo seu perfil e dei algumas risadas com tamanha convicção...até chegar na exceção rsrs.Ainda bem!!!! Quando puder, fica aqui um convite, vá me visitar. Encontrará além de amigos em comum, o bom humor e a alegria.
Beijuuss n.c.
Regina
www.toforatodentro.blogspot.com

Anne M. Moor disse...

Parar é obrigatório e só posso sorrir :-)

Obrigada pelos desejos de melhoras.

Beijos quietos :-)
Anne

A.Tapadinhas disse...

Linda Lourenço: Dá para imaginar, mas é melhor admirar as cores em seus infindáveis contrastes, cheirar o ar salsuginoso, e ouvir as gaivotas embaladas pelo ruído profundo das ondas...

Beijo,
António

A.Tapadinhas disse...

Betina Moraes: A natureza é como uma mulher: tem muitas faces, qual delas a mais bela...

Eu, como pintor, procuro encontrar a alma da paisagem...

Comentários como o teu dão uma ajuda...

Obrigado pela confiança!

Beijo,
António

A.Tapadinhas disse...

Regina Rozenbaum: É um prazer ser visitado por alguém com um sentido de humor como o seu! É muito refrescante neste tempo em que a alegria parece que paga imposto...

Vou visitá-la com muito prazer!
Agradeço o convite!

Beijo,
António

A.Tapadinhas disse...

Anne: Como receava é mesmo verdade!

Tens de ter muita paciência!

Vendo pela positiva, talvez tenhas mais tempo para fazer umas coisinhas que foram sendo adiadas...

Beijo "português suave" (antiga marca de tabaco:)
António

Fátima Santos disse...

Estou emocionada!
Gostei muito do seu trabalho, ainda mais porque conheço muitos dos lugares que pinta.
Visite Alcochete que, apesar de já muito frequentado, tem recantos maravilhosos e uma paisagem natural com certeza inspiradora...
Parabéns.