quarta-feira, 18 de abril de 2012

A MINHA CASA E OS QUADROS VII

VII SALA DE JANTAR

Na parede em frente da janela da sala de jantar está um dos primeiros quadros que realizei: Ferragudo, óleo sobre tela, de 1995.

Parece-me que nunca escrevi sobre esta peça. Tem uma história interessante, com mais dois episódios.
A primeira vez que apresentei este quadro, um comprador potencial, conhecido empresário e figura da sociedade, queria uma peça igual mas com o dobro do tamanho. Era uma das minhas primeiras exposições e, quase sem pensar, disse ao cavalheiro que faria um quadro com as mesmas cores, na dimensão que ele pretendia e com uma certeza: não seria igual. Concordou. Quando lhe entreguei a obra ele adorou e pagou sem pestanejar.
O outro episódio, tem a ver com a minha filha, mãe do meu neto Rafael, que está a viver em Portimão, num sítio em que vê Ferragudo como está neste quadro. Sem sombra de dúvida, uma razão incontornável para fazer mais uma tela com a vista panorâmica desta vila...
Conclusão: Durante um período da minha vida conhecia de cor, cada casa, cada janela, todos os telhados, melhor que os gatos ferragudenses...

7 comentários:

Rui Pascoal disse...

O cenário é lindo e a tela também.

tecas disse...

Excelente tela com um cenário magnifico,pintado a palavras. Abraço amigo.

Flor de Jasmim disse...

Estou dividida entre as duas teclas a da pintura e a das palavras.

Beijinho e uma flor

Anne disse...

António

Depois de ter lido teu livro, agora entendo a tua fascinação por barcos de pesca :-)

Este tua obra eu não conhecia - linda com o característico movimento que adoro no teu trabalho.

beijão
Anne

Maria disse...

Volto aqui encantada nas pinceladas de cor e palavras.

Antonio disse...

só uma pessoa generosa como você, abre sua casa para os amigos/leitores.Faço eco aos outros comentários:bela tela..

OceanoAzul.Sonhos disse...

tão familiar esta apresentação das tuas obras, quase uma visita guiada.

beijinho amigo
cvb