domingo, 26 de outubro de 2008

PÁSSAROS DE FOGO


Flamingos no Rosário Acrílico sobre Tela 25x56cm

Este quadro é o número um da exposição “Tejo Cintilante”. Não houve nenhum motivo especial: simplesmente, aconteceu. No entanto, a minha filha Elsa que não esteve presente, quando me telefonou a desejar aquilo que uma filha querida deseja para o seu pai, pediu-me para lhe enviar uma fotografia da última obra que tinha feito para a mostra, porque alguém lhe tinha dito que era espectacularmente bela. Aconteceu também que esta foi adquirida, logo na abertura da exposição. Todos, sem excepção, achavam algo de especial nela. Chegaram ao ponto de dizer que seria um documento histórico, porque daqui a alguns anos, com a pressão urbana, os locais em que vivem os flamingos terão desaparecido, e o quadro seria um dos testemunhos vivos da sua presença na zona dos esteiros e sapais da Moita.
Depois de pensar um pouco sobre o assunto, quero confessar que, desta vez, foram os meus amigos que me ensinaram a ver a obra que eu tinha criado: manter o espírito aberto para aprender, é um sinal de humildade que eu gostaria de manter...
Sobre a execução da obra, foram os flamingos, pássaros-de-fogo, que me deram a inspiração para cobrir todo a tela com o meu mais profundo e afogueado laranja. Todas as outras cores nunca chegam a esconder a chama que está por baixo delas: vibra por entre as núvens, espreita nas águas do Tejo, fornece luz às casas e dá o tom róseo aos flamingos!
Aguardo, com interesse, a vossa opinião!
(clic sobre a imagem para a ver com maior dimensão)
Outro assunto.
Deixei cair no chão a minha máquina digital. Como resultado, todas as fotografias que tirei ou tiraram na exposição estão em local incerto (com a “Amelinha”, e sua protecção nada acontecia, não era, Ernesto?). Tirei algumas, com o meu telemóvel, mas não as vou publicar até ter a certeza que as outras estão perdidas, ou aproveitar alguma dos repórteres dos jornais.
Espero que não se importem com a troca: quero que as vedetas sejam as minhas obras!

E pronto! Ontem tive um dia cheio de emoções, em que revi amigos e conheci pessoas interessantes. Finalizei o dia, em minha casa, com familiares e amigos...
Conhecem melhor maneira de passar um dia especial?

20 comentários:

Udi disse...

Maravilhosa, António!
Já posso dizer (humildemente) que conheço um pouco do tratamento que esse artista dispensa ao azul, verde e laranja. É um privilégio imenso poder ir treinando/ educando o olhar assim, dessa forma.

Vim até aqui justamente para ter notícias de ontem. Bom saber que foi de altíssimo astral, só lamento pelo tombo da câmera.

beijo

(não sabia que os flamingos são conhecidos também por pássaros-de-fogo. Qual seria a razão?)

Anne M. Moor disse...

António:
PA - RA BÉNS!!!!!!!!!!!! Sabia que ias estourar com tudo!!! Este quadro em particular mostra teu tradicional movimento e fusão de cores que sempre nos encanta... E viva os Flamincos...
Beijos

Isabel disse...

NO, no conozco manera mejor. Y me parece ese fuego de tu pintura tan especial como los sentimientos que desprendes. Besos.
http://senderosintrincados.blogspot.com

A.Tapadinhas disse...

Foi bom, mesmo! Pessoas como a Udi ajudam a manter este astral.
Os nossos flamingos são aves elegantes mas muito fortes (como as mulheres:). Para sobreviver fazem os ninhos nas zonas mais inóspitas do planeta, p.e., nos lagos do vale do Rift, que têm extrema salinidade, libertam fumos de enxofre e águas borbulhantes que atingem 65.º Celsius. Este cenário dantesco, aliado à cor dos flamingos, induz quem os observa, a imaginar que os animais libertam chamas, ou estão rodeados pelo fogo.
Beijo.

A.Tapadinhas disse...

Anne: Obriiiiiiiiigado! E viiiiva quem me dá estas alegrias!
Beijo rosáceo:)
António

A.Tapadinhas disse...

Isabel: A tua visita é sempre muito especial pelo calor confortável que liberta.
Beijo.
António

elsa disse...

Olá Pai!
Os flamincos são sem dúvida um animal mítico, tão mitico quanto a fenix. São animais que estão ligados ao fogo e por isso as cores do quadro não podiam ser outras. Está FABULOSO!!!!!! Só tenho pena de não o ter visto ao vivo. Deve ser IMPRESSIONANTE!!!!

É evidente que não existe maneira mais especial de passar um dia. Especialmente quando se tem amigos e familia como nós temos a sorte de ter. Pena que não pude fazer parte de mais uma reunião tão especial. :(

O Rafael foi hoje levar mais uma vacina. E portou-se como um homem muito grande! :) Só fez uma careta quando sentiu a agulha! Não sai ao avô materno...Hi!Hi!

Beijocas!

A.Tapadinhas disse...

Olá, filha!
Fénix, fez-me lembrar Harry Potter
que me fez lembrar o dragão
que me fez lembrar Eragon
que me fez lembrar Eldest
que me fez lembrar Youngest
que me fez lembrar...Rafael
que me levou novamente a ti!
Vês, porque não me saiem do pensamento?
:)
Beijinhos para todos, começando por ti!

Ernesto Dias Jr. disse...

Sou, meu caro Tapadinhas, um maníaco visual. Desses que não podem fixar-se em uma nuvem, mancha de óleo, trinca na parede ou água na cortina do banheiro sem que surja do nada um coelho de uma orelha só, ou um vangogh com duas, ou uma dama do Império fumando charuto. Um tratado gestalt ambulante.
Nesse seu trabalho foi inevitável. Meu cérebro descolou-se dos efeitos e, fixo no céu à esquerda viu, primeiro, os dois olhos flamejantes no rosto oculto e depois monstros de montão. Há uma cabeça do Loch Ness com corpo e tudo. Entidades fantasmagóricas de corpos alongados, uma delas com olhos esquisitamente azuis em um crânio achatado.
Todas elas voltadas para os pássaros que não sabem o que espera.
Bem, mas você já sabia que eu não sou lá muito normal.
-oOo-
Quanto à sua máquina: se ela usa um cartão de memória removível, você está salvo. Insira-o em qualquer outra e pronto. Se não usa, mas a conexão USB ainda estiver funcionando, também. Caso contrário, guarde-a. Talvez um dia vá a Portugal e levo minhas ferramentas. Quem sabe. Hoje mesmo salvei o mostrador LCD de um moderníssimo sampler digital Roland, de um amigo roqueiro, usando uma chave de fenda, um ferro de passar roupas e um pedaço de papel sulfite. Sério.

A.Tapadinhas disse...

Conforme salientei, fiquei admirado e agradecido com as observações que foram feitas sobre os pássaros de fogo. Agora, o meu caro amigo, leva-me directo a J.M.W.Turner (1775-1851), pelos motivos que explicarei adiante. Durante a exposição, um apreciador, disse-me que o quadro lhe dava uma visão da natureza que, para ele, era como se a visse pela primeira vez, em todo o seu esplendor, uma sensação que tinha colhido numa visita a Londres, na Tate Gallery. Num quadro,
"Moisés a Escrever o Livro do Génesis", de Turner, podem ver-se ou adivinhar-se serpentes, esqueletos de peixes,formas humanas, muitos rostos, braços, ombros,cabeças humanas e, claro, flutuando num mar de luz, Moisés. Se ainda não viu Turner, ao vivo e a cores :), vai adorá-lo: é grandioso, as obras são monumentais (literal e metaforicamente), e estamos sempre a descobrir elementos novos.
uff!!
Falando da máquina. Assim que ela caiu e vi que não funcionava, entreguei-a ao meu irmão que mora perto de um amigo que trabalhava no ramo. Estou a aguardar a resposta do expert. Se ele me disser que não tem conserto, há
uma coisa que lhe garanto: essa máquina não vai para o lixo. Vai ficar a aguardar pela sua visita a Portugal e ao meu estúdio, com ou sem ferramentas...
Abraço.
António

Jorge Lemos disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Jorge Lemos disse...

A Isabel só ficará dois dias em Lisboa e após fará giro para visitar parentes.
Abraços

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

beleza pura!
Mágo das cores.

A.Tapadinhas disse...

Jorge Lemos: Tomei boa nota da sua informação, que agradeço.
Carpe Diem!
António

A.Tapadinhas disse...

Martha: Feiticeira das palavras (e não só:)
Beijo.
António

Fernanda Simplício disse...

Um obrigada por me teres proporcionado uma tarde tão agradável. Os azuis dos teus quadros enchem-me de alegria.
Depois, partilhar aquele agradável jantar, com aquela típica entrada, e ver a tua mulher deliciada no computador.....
Beijos

A.Tapadinhas disse...

Fernanda: Não devias dizer isso: agora ninguém vai recusar um convite que eu faça! :)
A propósito: ainda não experimentei o vinho que me ofereceram...
Beijos e abraços para todós.
António

Flavio Ferrari disse...

Que cores ... que cores !!!!

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

syhcool disse...

Next, do the same thing for the pandora jewerly right front side of the shirt.Once you have done Pandora Bangles both front sides of the shirt, you then will need pandora bead to do the back of the shirt. Take the shirt and place the back of the discount pandora shirt so that the direct middle is on the ironing board. The pandora sale back collar of the shirt should be right up at the edge discount pandora charms of the "head" of the ironing board or even slightly hanging off. Pull the bottom buy pandora bracelets of the shirt to create that taught resistance again and pandora beads charms begin to spray the shirt and iron in the opposite direction of pandora earrings the pull.